segunda-feira, 12 de maio de 2008

Até nas corridas existe Machismo????!!!



Ontem fui correr em Caxias, onde se realizaram duas corridas, uma rapidinha de 6 kms, e outra de 10kms, estiveram presentes perto de 500 corredores, claro que mais uma vez havia mais homens que mulheres mas olha paciência. Não fiz um bom tempo pois ando com uma dor na perna direita, que pelo que me parece é ciática e não estou no meu melhor (até parece que sou batida nestas andanças!!!hehehehe), tive de pôr o tal spray nilagroso, corri os 10 kms mas pelo menos diverti-me. Sim, diverti-me porque encontrei pessoal que já não via há muito tempo, e eu como sou uma louca por diversão, foi rir até não poder mais. O pessoal das corridas é mesmo fantástico.
Agora o que não gostei mesmo nada, e até fiquei bastante desiludida, foi ter constatado que os prémios (sim porque havia prémios nesta prova) eram vergonhosos, não tem a ver com quantidade mas pela distribuição do dinheiro. Os homens ganhavam 500€ e as mulheres 300€ querem me explicar porquê? expliquem-me por favor, pois é sempre as mesma chatice, é indecente, depois os veteranos ganham ainda menos (150€), Não se entende porquê esta injustiça, talvez se houvesse mais ajudas, mesmo em dinheiro, as pessoas praticariam mais desporto, a saúde estaria melhor, pois havia mais incentivo, não estou a dizer que tem de se pagar a quem corre, mas quando existem prémios é justo que todos recebam por igual, a não ser que exista aqui uma explicação plausível para estas descrepâncias e eu como sou "nova" ainda não percebi. Como é óbvio foram as mulheres que repararam neste "promenor", ora pois tá claro, e porque será? depois quem tem mau feitio somos nós!!!
Bons treinos e melhores corridas!!!
"Não encontre defeitos, encontre soluções. Qualquer um sabe queixar-se." (Henry Ford)

8 comentários:

Maria Sem Frio Nem Casa disse...

Olá Fátima

Pedes:

"uma explicação plausível para estas descrepâncias"

Eu dou (a minha, pessoal, subjectiva e discutível):

para mim, o valor de um atleta em ser o 1º entre 500 é muito diferente do atleta que seja 1º entre 15 ou 20 atletas, que é o que se passa com as mulheres.

Por exemplo: eu (eu mesmo), mulher!já ganhei dinheiro por ficar em 5ª entre 5 (cinco concorrentes!), ou seja última! Com centenas de homens à minha frente que levaram NADA! E eu ganhei dinheiro porque fui a 5ª veterana. Achas que a minha prestação tem o mesmo valor atlético (é isso que se premeia, não a participação salutar em busca de saúde e bem estar)tem o mesmo valor do veterano que ficou em 5º no meio de dezenas ou centenas?

Igualdade sim, mas temos de ver as coisas com justiça e eu mulher, acho justo que ser o melhor entre 500 "vale" mais que ser a melhor entre 10.

E não é o dinheiro que vai levar mais mulheres a participar!

Motivar a participação não é de certeza com dinheiro. Esses, os que ganham dinheiro já lá andam, a farejá-lo, nas provas que o dão.

Se queremos mais mulheres a correr, pelo prazer, pela saúde, e também pelo dinheiro, temos é de mudar de mentalidades e a questão dos prémios é secundária

Esta, é a minha opinião, mulher que de vez em quando ainda ganha dinheiro nas provas...

Ana Pereira

mafavisi disse...

Olá Ana, não sei se me fiz entender, eu falo no valor dos prémios.Neste caso o prémio dos homens eram de 500€ e das mulheres 300€.Ambos com escalões identicos, apenas muda o valor do premio, não acho justo.Depois claro que havia premios até ao 3º lugar em todos os escalões.Obrigada pelo comentário. Beijoca
Fátima

Z0rden disse...

Acho que entendo o comentário da Ana Pereira. Na última prova que participei fiquei no 80º lugar do meu escalão e a mulher que terminou a prova uns segundo antes de mim ficou em 9ºlugar no mesmo escalão.
Possivelmente esta situação só iria mudar se a participação de ambos os sexos fosse mais equilibrada.
Tenho reparado que os participantes masculinos rondam entre os 85% e os 90%.
Bjinhos
José Pedro.

luis mota disse...

Olá Fátima!
Parabéns pela participação na prova e espero que recupere da dor que limita o seu rendimento.
Na realidade infelizmente acontece esta situação. Os prémios deveriam ser iguais para ambos os sexos.
Nunca ganhei dinheiro em provas pelo que a minha participação resume-se aos prémios de participação. Ultimamente tenho conseguido “ganhar” alguns troféus, que têm dado, ainda mais, motivação para treinar.
Boas corridas!
Luís Mota

E-CORREDOR disse...

Fátima, parabéns pela corrida.

Isso acontece em quase todos os esportes, veja o futebol feminino no Brasil, são as melhores do mundo mas não há um campeonato nacional, ou seja, não há emprego para jogadoras no Brasil.

Mas as mulheres aos poucos estão mudando isso, não se preocupe.

Direitos iguais a todos!

Um abraço,

Paulo

Anónimo disse...

Totalmente de acordo com a Ana Pereira. Creio que a Fátima não percebeu. Não podemos comparar o incomparável: 90 a 94 % dos participantes são homens, logo é justo que o prémio daquele seja diferente para melhor…

O problema é mais complicado do que parece. É uma questão cultural e de fundo. Um exemplo: reparem nos números dos participantes masculinos e femininos, no domingo na Barreira – Leiria,

Benjamins masculinos …19…femininos 9
Infantis masculinos……...14…femininos 7
Iniciados masculinos……10…femininos 6
Juvenis masculinos……...12…femininos 0
Juniores masculinos………1…femininos 0

É elucidativo não é!

Um Abraço.

Orlando Duarte

CORREDOR " X " disse...

Creio uque tem a ver com o universo de participantes, o número de mulheres é sempre menor que o de homens, portanto há uma competição menor. Tem que se acabar com o mito de que a corrida faz mal à estética feminina...muitas ainda pensam que assim, minha filha eu não consigo convencer, pois ela acha que os seios cairão.
Mas sou a favor de prêmios igualitários para incentivar a maior participação de mulheres.

Jorge disse...

Olá amiga Fátima parabéns por mais uma prova em seu currículo esportivo, parabéns também pela sua reclamação, outra coisa isso acontece no atletismo pq os corredores não são unidos se fossemos unidos e boicotassem, muitas corridas iria dar valor a nos corredores que merecemos, mais como eu disse isso só vai mudar só com a nossa união. Parabéns também por vc ter relato esta história de pai que corre com filho nas corridas e isso serve para muitos de nós que nascemos perfeitos e que muitos não dão valor para a vida.
Boas corridas amiga.
JC
www.jmaratona.blogspot.com