terça-feira, 6 de maio de 2008

As Subidas!!!!



São uma chatice as subidas!!! Penso que todos os corredores têm esta fobia, este "medo". Conheço alguns que até gostam mais de correr com subidas e descidas do que em plano, porque dizem eles, parece que não se vê o fim á "coisa" e torna-se muito monótono. Mas a maioria tem mesmo é problemas com as subidas, uns, como eu, procuram saber o melhor método para as subir, outros porque assim que sabem que caminham para uma, já se desorientam, e ainda tem outros que tentam mentalizar-se que que são "descidas", para conseguir enganar o cérebro. O que é certo é que elas custam e não é pouco. Já perguntei a muitos corredores qual a técnica que usam, e como sempre cada um tem a sua "técnica", uns dizem que não se deve olhar para o fim da subida, outros dizem que os passos têm de ser mais curtos, ainda há aqueles que consideram mais fácil ajudar com os braços e inclinarmo-nos um pouco mais para a frente e sermos forçados para não cair, a ser mais rápidos. Uffa!!! Depois temos de treinar e treinar e treinar subidas, para ultrapassar o tal "medo" delas. O que é certo é que existem subidas, e o que também é certo é que são dificeis, elas estão lá...fazer o quê? Eu também tenho "medo" delas, Ui!!!
Bons treinos e melhores corridas
"Não são os grandes planos que dão certo; são os pequenos detalhes." -- Stephen Kanitz

6 comentários:

Giovanna disse...

Fátima,
Antes eu odiava as subidas, mas agora concordo com aqueles que acham que elas quebram a monotonia do plano: é o elemento surpresa, pois geralmente nunca sabemos o que está do outro lado da montanha...Mas as subidinhas cansam...
Boas corridas!

Anónimo disse...

Corro há pouco tempo, mas adoro subir. O que me causa mais dificuldade numa prova sãos as descidas acentuadas. Venço melhor uma má subida que uma boa descida, como foi o caso no grande prémio do fim da europa.
Penso que somos todos diferentes. Ao subir, encaro o percurso de frente e com passos curtos vou avançando. Penso sempre "é só mais um passito, só mais um esforço"...

Jorge disse...

-------\\\\|/-------
------(@@)-------
-ooO--(_)--Ooo—
Grande amiga Fátima obrigado pela msg e fico contente em saber que está gostando do que eu coloco no meu blog.Olha é sempre bom dá uma dormida não é. Aí vai uma dica o meu antigo Técnico me disse o seguinte que todo o corredor quando acabar de correr tem que cair na cama para dormir, nem que seja pelo menos quarenta minutos para descansar, inclusive os atletas de elite fazem isso, mais isso tem um fundamento muito bom, quando ele me disse isso eu adorei a idéia, mais com a correria que muitos corredores tem igual a eu também não da para fazer isso todos os dias mais sempre que posso eu faço. Agora quanto as subidas no inicio eu sofria muito, mais comecei a treinar e comecei a treinar também correndo em morros e me adaptei não muito mais me adaptei, outra dica ai vai o meu técnico me disse que vc tem que fazer pelo menos um dia da semana nos treinamento subidas em rampas e morros para adaptar o seu corpo a subidas, mais antes de fazer isso faça um bom aquecimento e as subidas em rampas vc pode fazer tiros de 100metros, 200metros e aí vai.
Um abraço e boas corridas principalmente em morros.
JORGE
www.jmaratona.blogspot.com

Lénia disse...

Oi,

Eu gosto de subidas, desde que não sejam muito acentuadas.
Nas curtas, o meu truque é mesmo superá-las o mais rapidamente possível e sempre a olhar para a frente, enfrentar o bicho olhos nos olhos.
Eu costumo dizer que como as subidas são difíceis, gosto de passar pouco tempo nelas, então é dar ó máximo nelas. Descanso depois no topo ou na descida.

Contudo, prefiro planície e subidas a descidas, especialmente as acentuadas, por causa dos meus joelhos. É quando o impacto se torna mais agressivo.

Beijinhos e boas corridas!
No domingo há corrida de 10 km em Sagres, porque não vir dar um passeio até cá abaixo?

Ricardo Hoffmann disse...

Oi Fátima. eu tb gosto das subidas, pois são desafiadoras. Mentalmente penso que para toda subida haverá a descida. E penso tb como se fosse um alpinista, e a alegria de conquistar um monte. Passos curtos, inclinar um pouco o corpo para frente e pisar com a planta do pé. para o alto e avante!

luis mota disse...

Olá Fátima!
Onde moro existem muitas subidas e descidas.
Efectuo-o, geralmente, o treino quase sempre num constante sobe e desce.
Uma das formas para enfrentar as subidas com mais facilidade será o treino da força resistente. Pode ser em treino de fartleck ou séries de rampas de baixa inclinação (para não retirar a velocidade).
Se efectuar treino de resistência aeróbia, experimente enfrentar as subidas como se de uma prova se tratasse (mais rápidas) é um método que também utilizo.
Luís Mota